sábado, 24 de setembro de 2016

Um nada

Tanto fez, que conseguiu.
Não é mais ódio, paixão, amor ou frustração.
Agora é tudo um grande nada
Um vazio
Um buraco
Nadinha aqui
...Será mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário